Olhar Direto

Segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Notícias / Cidades

'Amarelinhos’ reforçam fiscalização contra estacionamentos irregulares no Centro de Cuiabá

Da Redação - Wesley Santiago

14 Dez 2019 - 14:55

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

'Amarelinhos’ reforçam fiscalização contra estacionamentos irregulares no Centro de Cuiabá
A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) irá reforçar, neste fim de ano, período em que um aumento no movimento do comércio, a fiscalização contra condutores que estacionam irregularmente no Centro de Cuiabá. A intenção é coibir o uso indevido de vagas e dar fluidez ao trânsito.

Leia mais:
Semob deve instalar ‘radares de peso’ para flagrar caminhões que trafegam de forma irregular em Cuiabá
 
Conforme a Pasta, atualmente o Centro é ponto onde este tipo de infração tem mais registros e a tendência é que o número aumente no final do ano, por conta do movimento no comércio.
 
“Por conta disso, estamos intensificando o número de agentes na região, para preservar especialmente as vagas de embarque e desembarque e de carga e descarga e as de idosos e de pessoa com deficiência (PCD), que são as mais ocupadas neste período”, explicou o secretário de Mobilidade Urbana (Semob), Antenor Figueiredo.
 
Conforme levantamento feito pela Pasta, de 1º de janeiro a 30 de outubro deste ano, foram aplicadas 9.577 multas por estacionar em local/horário proibido especificamente pela sinalização. Este tipo de infração é a quarta mais cometida na capital mato-grossense.
 
Estabelecimentos privados
 
Uma mudança realizada em 2017, no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), permite que veículos sejam multados e até guinchados se estiverem estacionados irregularmente em estabelecimentos privados (shoppings, supermercados, entre outros) e parques.
 
O secretário de Mobilidade Urbana (Semob), Antenor Figueiredo, explicou que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) permite este tipo de fiscalização mediante termo de cooperação entre estes estabelecimentos e a Pasta.
 
“Além disso, os agentes de trânsito devem ser acionados pelas empresas para que as operações aconteçam. Em casos de denúncias feitas por munícipes em estabelecimentos privados, orientamos que os mesmos procurem a gerência do empreendimento, que deverá entrar em contado com a Semob”, acrescentou o secretário.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet