Olhar Direto

Terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Notícias / Política MT

Mauro não garante pagamento do 13º em dezembro: “ainda não posso anunciar”

da Redação - Isabela Mercuri

06 Dez 2019 - 09:10

Foto: Tchélo / GCom

Mauro não garante pagamento do 13º em dezembro: “ainda não posso anunciar”
O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que ainda não tem certeza se vai conseguir pagar o 13º salário integral aos servidores estaduais ainda no mês de dezembro. Segundo ele, não há “elementos suficientes para anunciar”. A fala foi feita no lançamento da Arena Encantada, evento que custou R$ 1.440.000,00 – e que, segundo o Estado, foi feito por meio de patrocínio de empresas privadas.

Leia também:
Empresa que fará Natal na Arena já foi contratada por Mauro Mendes outras duas vezes sem licitação

“Nós estamos trabalhando muito. Essa é a nossa linha, a gente trabalha com foco, com planejamento. Eu sempre disse isso, que nós tínhamos um plano de voo para essa meta, de chegar ao final de ano com o salário no dia 10, pagar os servidores merecidamente no dia, e o 13º faz parte disso. Eu ainda não posso anunciar, porque eu não tenho os elementos, mas posso afirmar aos senhores que o planejamento que nós fizemos com a secretaria da Fazenda, com muitos servidores, e é o nosso estilo, a gente trabalha muito para entregar resultado, e no devido momento nós vamos anunciar assim que tivermos a certeza desse trabalho”, disse o governador.

No mês de setembro, em audiência para apresentar a evolução das metas fiscais relativas ao 2º quadrimestre de 2019 do Governo Mauro Mendes, o secretário de Fazenda Rogério Gallo afirmou aos poucos servidores do Poder Executivo presentes que o 13° salário seria pago até o dia 20 de dezembro, independente da vinda do recurso do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX).

De acordo com o comandante da Sefaz, à época, o Estado estava se preparando para pagar o 13° com recurso próprio e não existia a chance de uma eventual frustração do repasse do Governo Federal, terminar com o não pagamento da gratificação de natal, como aconteceu no Governo de Pedro Taques (PSDB), no final do ano passado.

No lançamento da Arena Encantada, o governador afirmou que deve dar um veredito até a próxima semana. “Porque temos um time para que as coisas aconteçam no mês de dezembro”, disse.

Mutirão frustrado

O  valor arrecadado pelo Estado durante o Mutirão Fiscal frustrou a expectativa do Governo. Dos R$ 150 milhões previstos com o pagamento da primeira parcela ou quitação do valor à vista, entraram nos cofres públicos a quantia de R$ 59,82 milhões. Os números foram divulgados na manhã desta terça-feira (3). O valor inferior a 60% da estimativa inicial contraria as projeções do Palácio Paiaguás, que contava com o montante para ajudar na quitação do 13º salário do servidores públicos, em parcela única, que deve consumir mais de R$ 560 milhões. 

Durante o mutirão, foram negociados pouco mais de 90 mil acordos com os contribuintes. Os processos negociados eram no valor bruto de R$ 190,2 milhões, ou seja, sem a aplicação do desconto e redução de juros previstos em lei. Com os descontos, o valor caiu para R$ 104,7 milhões. Essa quantia foi dividida em várias parcelas, em alguns casos, em até 60 meses. 

59 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Alexandre
    09 Dez 2019 às 16:46

    Tem dinheiro para enfeitar Arena pro Natal mais 13º nada né,vergonha desse governo,sai de uma Instituiçao Privada achando que as coisas estariam melhor no Estado mais só to tendo decepção,onde ja se viu não pagar 13º é Lei,Mauro disse que arrumaria as coisas mais até agora só vi cortar direitos nada mais...meu voto não tem mais esse Safado.

  • Lindinalva
    08 Dez 2019 às 09:50

    Poxa vida governador esperamos o ano todo para ouvir um "não vou pagar o seu décimo" mas um ponto negativo desse governo. Que falta de respeito principalmente com nós aposentados ??

  • Socorro
    07 Dez 2019 às 10:53

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Marcos
    07 Dez 2019 às 04:39

    Governador, basta ter gente competente em sua Secretaria de Fazenda e ajustar o sistema de cobrança de ICMS. Em Cuiabá, quase nenhuma empresa simplesmente NÃO fornece cupom fiscal.

  • Desacreditado
    06 Dez 2019 às 22:28

    Desacreditado com este governador prometeu alinhar o pagamento dos funcionários até junho/2019 e chegamos em dezembro sem saber se receberá o décimo outa só está aumentando a carga tributária decepção total

  • Carlos
    06 Dez 2019 às 21:45

    Governador ao invés de ficar praticando terrorismo contra os servidores, cuide de seu partido. Fica a dica.

  • Carlos
    06 Dez 2019 às 21:44

    Governador ao invés de ficar praticando terrorismo contra os servidores, cuide de seu partido. Fica a dica.

  • Victor
    06 Dez 2019 às 21:43

    A palavra deste governador e um nada é a mesma coisa. Cada dia ele diz uma coisa, já está superando o Wirsô Pinóquio. Ainda bem que o Blairo Maggi vem ao governo .

  • PRIME
    06 Dez 2019 às 18:59

    Boa noite! O mais INTERESSANTE é que foi ANUNCIA pelas MÍDIAS TODAS que o próprio GOVERNADOR tinha RECURSO o suficiente pra PAGAR o 13º TERCEIRO.

  • Zaca
    06 Dez 2019 às 18:16

    Por uma forma de ironia, logo o Silval não tinha problemas com pagamento.

Sitevip Internet