Olhar Direto

Quinta-feira, 16 de julho de 2020

Notícias / Cidades

Por coronavírus, UFMT decide suspender aulas e eventos nos campi do Estado

Da Redação - Wesley Santiago

16 Mar 2020 - 20:35

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Por coronavírus, UFMT decide suspender aulas e eventos nos campi do Estado
A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), decidiu suspender as aulas presenciais de graduação, exceto as provas finais do semestre 2019/2, e pós-graduação nos Câmpus do Araguaia, de Cuiabá, de Sinop e Várzea Grande a partir desta terça-feira (17).

Leia mais:
Mendes suspende aulas e determina isolamento de servidores com suspeita de coronavírus

Ainda conforme a UFMT, estão suspensos também eventos com aglomeração de pessoas e encontros presenciais nos polos de Educação a Distância (EaD), Colação de Grau Unificada, Fóruns, Simpósios e Congressos e ações de Extensão.

As demais atividades administrativas deverão aguardar orientações posteriores. Recomenda-se, ainda, que as bancas de conclusão de curso se realizem por meio de ferramentas digitais de comunicação.

"A decisão de interrupção imediata das atividades acadêmicas presenciais na UFMT foi motivada com base na declaração de emergência global de saúde, devido a pandemia relacionada ao Coronavírus, da Organização Mundial da Saúde (OMS), nas orientações do Ministério da Saúde do Brasil e no Decreto nº 407, de 16/03/2020 do Governo do Estado de Mato Grosso", diz trecho da nota.

Decreto

O Governo de Mato Grosso decidiu adotar medidas de prevenção ao coronavírus. A mais significativa no cotidiano da população é a suspensão das aulas na rede estadual, municipal e superior de ensino no período de 23 de março e 5 de abril, a título de antecipação de recesso/férias.

Servidores com suspeita de contaminação ficarão em isolamento domiciliar. Além disso, os servidores que retornaram de viagens internacionais ou que tenham tido contato com pessoas contaminadas exercerão regime de teletrabalho pelo período de 14 dias.

Mauro Mendes determinou ainda a criação de um Gabinete de Situação, coordenado pelo governador e integrado pelos secretários de Casa Civil, Saúde, Segurança Pública, Planejamento e Gestão, Fazenda, Educação e PGE.
 
Está suspensa a participação de servidores nas atividades de capacitação, treinamento ou eventos, tanto internacional quanto interestadual. Não ocorrerão eventos do governo em ambiente fechado com público superior a 200 pessoas.
 
Mauro Mendes prometeu ainda requisitar administrativamente serviços de saúde, profissionais e equipamentos. O governador busca autorização para realização de despesa de combate ao coronavírus com dispensa de licitação.
 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Dudu
    17 Mar 2020 às 10:17

    Onde a esquerdalha vai fumar maconha agora?

Sitevip Internet