Olhar Direto

Notícias / Política MT

Estado anunciará medidas para ajudar autônomos e pequenos comerciantes

Da Redação - Max Aguiar

30 Mar 2020 - 11:46

Foto: Tchélo Figueiredo - Secom MT

Estado anunciará medidas para ajudar autônomos e pequenos comerciantes
O governador Mauro Mendes (DEM) deve anunciar nesta semana medidas que irão auxiliar trabalhadores autônomos e pequenos comerciantes, que sofrem com o baixo número de trabalho ou de vendas durante esse período de pandemia do coronavírus. 

Leia mais:
Estado vai doar cestas básicas e criar programa para atender profissionais que ficarem sem salário durante pandemia

Via rede social, em coletiva à imprensa, o governador disse na última semana que o Palácio Paiaguás, juntamente com a Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Cidadania (Setasc), está estudando saídas que possam auxiliar esse grupo de pessoas, evitando assim que o número de desamparados financeiramente cresça no estado. 

"O Governo já está estudando um planejamento para isso. A Sefaz já foi acionada para criar uma capacidade de auxilio e a Setasc também. Estamos aguardando o Governo Federal fazer seu comunicado oficial de como irá ajudar os estados, e na próxima semana vamos anunciar o que podemos fazer", disse o governador. 

Até o momento sabe-se que entre as ações está o atendimento a profissionais que tiverem seus salários comprometidos durante o período de quarentena. Além disso, mais de 50 mil cestas básicas já estão sendo preparadas e serão distribuídas pela assistência social.

Mauro adiantou que entra no pacote de ajuda ao povo de Mato Grosso o adiamento dos vencimentos do IPVA. Porém, novas medidas precisam do valor que será repassado do presidente Jair Bolsonaro aos estados. 

"Já anunciamos o adiamento do IPVA, e na próxima semana vamos anunciar medidas no campo econômico e social. Por enquanto, não podemos adiantar nada", concluiu o governador. 

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Galeno
    30 Mar 2020 às 14:24

    Ja que estamos com decreto de pandemia,sugiro ao governador efetuar compras para o estado com os pequenos comerciantes,abrir oportunidades para os restaurantes fornecerem refeições,marmitas,marmitex aos funcionários,presidiários,prestação de serviços ao governo,como transporte,etc,mas como compra direta,sem a burocracia que o processo de licitação emprega.Brasileiro precisa de oportunidade para trabalhar e crescer. Sou do tempo de ter o caniço para pescar,peixe pronto não da sustentabilidade e valor a nada.Olha para esse lado governador,distribua melhor a renda para todos,pois os micro e pequenos empresários são os que mais empregam no pais.. Prefeituras e União podem também usar esse modelo de aquisição.

  • DEUS
    30 Mar 2020 às 14:24

    OI GENTE, TÁ TODO MUNDO EM CASA?? EU TÔ DE OLHO, NÃO QUERO SUPERLOTAÇÃO NO CÉU.

  • PAGADOR DE IMPOSTOS
    30 Mar 2020 às 13:31

    E O IPTU CADÊ A PRORROGAÇÃO SEM CONDIÇÕES DE PAGAR ESSE VALOR ABSURDO SEM VENDAS COMO VAMOS PAGAR , ASSEMBLÉIA E PREFEITO E ABAIXEM SEUS SALÁRIOS E VERBAS INDENIZATÓRIAS ESTAMOS ESPERANDO

  • Antonio Batista dos Santos Neto
    30 Mar 2020 às 13:01

    Parabéns governador por adiar o IPVA,será que o prefeito vai ter a mesma atitude e suspender o IPTU i tirar aquelas taxas da conta de energia

  • Jackson
    30 Mar 2020 às 12:56

    E aí nobres comerciantes de todas as classes, vamos ficar esperando o governo de braços cruzados???? Ou vamos reagir???? Tá na hora!!!!