Olhar Direto

Quinta-feira, 28 de maio de 2020

Notícias / Cidades

Padrasto é preso por suspeita de estuprar enteada de 11 anos

Da Redação – Fabiana Mendes

30 Mar 2020 - 10:45

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Padrasto é preso por suspeita de estuprar enteada de 11 anos
Um homem de 37 anos foi preso por suspeita de estuprar a enteada de 11, no bairro Jardim das Mangueiras, em Barra do Garças (a 518 quilômetros de Cuiabá), na madrugada desta segunda-feira (30).

Leia mais:
Homem é preso após tentar arrombar cofres em agência bancária

De acordo com informações da Polícia Militar, o episódio ocorreu por volta de 1h40 da madrugada, após confraternização entre amigos e familiares. Na ocasião, todos teriam ido embora e somente os moradores teriam ficado na casa.

A mulher teria sentido falta do marido e filha, quando flagrou o homem com as calcas abaixadas na área aos fundos da residência. Na ocasião, houve uma discussão e com medo, a mulher pegou a filha e ambas se trancaram em um quarto para acionar a PM.

Logo depois, elas saíram do cômodo e o suspeito teria chamado a esposa de “louca” e dito que a Polícia não iria acreditar na versão dela. Por isso, ele mesmo iria ao encontro dos militares e saiu em seu veículo para ir à delegacia, onde se entregou.

A mãe da criança contou que convivia com o suspeito há aproximadamente dois anos e que desconfiava das atitudes do marido. Na delegacia, o homem ficou alterado e teve que ser algemado e entregue aos cuidados do delegado responsável.  O caso foi registrado como estupro de vulnerável. 

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Felipe
    01 Abr 2020 às 09:43

    Esses casos se resolvem com castração! No primeiro caso já castra, aí quero ver fazer de novo!

  • Chico Bento
    31 Mar 2020 às 15:55

    A grande maioria desses casos tem os mesmos personagens: Mãe, padastro, enteada. As mães devem ter mais cuidado com quem se acomunar!

  • ISADORA
    31 Mar 2020 às 11:08

    REPÚDIO , NOJO !!! já que existe leis para cada tipo de crime deveria existir um sistema de tratamento mais RIGOROSO para os aliciadores , ainda mais quando se trata de menores ..

  • SONIA REGINA GUERRA DOS SANTOS
    31 Mar 2020 às 07:22

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Realista
    30 Mar 2020 às 18:01

    Isso é terrível. Esse caso tem que ser apurado e se for constatado que é verdade, que o suspeito seja levado as barras da justiça.

  • Will
    30 Mar 2020 às 16:52

    Acho desnecessarios essa imagem da materia ,repulsiva.

Sitevip Internet