Olhar Direto

Quinta-feira, 06 de agosto de 2020

Notícias / Política MT

Gallo deve voltar à Assembleia para explicar situação real do caixa do Estado de MT

Da Redação - Max Aguiar

03 Jun 2020 - 14:18

Foto: Rogério Florentino - Olhar Direto

Gallo deve voltar à Assembleia para explicar situação real do caixa do Estado de MT
O secretário de Fazenda de Mato Grosso, Rogério Gallo, deverá novamente ir à Assembleia Legislativa para explicar os dados atualizados da situação financeira do Estado. O pedido para convocação partiu do deputado Lúdio Cabral (PT) e a data prevista é que Gallo compareça na assembleia na próxima semana. 

Leia mais:
Estado renuncia ação para suspender dívidas com a União e ter acesso a repasse de R$ 37 bi

“A convocação é para o secretário apresentar a situação financeira do estado com os números do mês de maio. No requerimento, também cobramos a audiência pública remota para apresentar o relatório das metas fiscais do primeiro quadrimestre deste ano”, disse Lúdio.

O secretário de Fazenda esteve na Assembleia pela última vez no dia 23 de abril, atendendo a convocação de Lúdio, e apresentou dados que mostraram aumento da arrecadação em relação ao mesmo período do ano passado, mesmo com o impacto das medidas de isolamento social tomadas em função da pandemia da covid-19.

Naquela data, o governo estadual registrava R$ 562 milhões a mais de ICMS e R$ 262 milhões a mais de Fethab entre janeiro e abril deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. Na ocasião, o secretário atribuiu a melhoria nas finanças à mudança no sistema de tributação do comércio, que aumentou os impostos do setor, e começou a vigorar em janeiro.

No requerimento, Lúdio cita também que a Lei Complementar 101/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal) estabelece que o prazo para apresentação dos dados das finanças é de até 30 dias depois do fim de cada quadrimestre. Ou seja, o prazo para apresentar o balanço das metas fiscais do primeiro quadrimestre deste ano se esgotou em 30 de maio.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • carlos Arruda
    03 Jun 2020 às 15:36

    Eu não sei, há algo errado nesta conta. O sistema tributário mostra 1,2 bilhão arrecadado acima da previsão para o final de maio... MT está bombando na arrecadação... Vão reclamar o governo todo, mesmo que venha recurso da LUA.

Sitevip Internet