Olhar Direto

Notícias / Política MT

Após primeiros infectados, cidades estudam implantação de barreiras sanitárias 24h por dia

Da Redação - Max Aguiar

05 Jun 2020 - 18:18

Foto: Reprodução

Após primeiros infectados, cidades estudam implantação de barreiras sanitárias 24h por dia
A cidade de Arenápolis (distante 234km de Cuiabá) registrou os seis primeiros casos de Covid-19. A detecção foi feita em testes rápidos e aguaram contraprova, por isso não constam do boletim da Secretaria de Saúde, mas o resultado oficial deve sair nos próximos dias.

Leia mais:
Emanuel diz que não há expectativa para retorno das aulas em Cuiabá

O município de Santo Afonso, que é vizinho de Arenápolis, também já possui pacientes e um, inclusive, está internado no Hospital Metropolitano. Isso já causa alerta entre as autoridades municipais da região, que estudam uma possível barreira sanitária que funcione 24h por dia.
 
O promotor de Justiça da cidade de Arenápolis, Mario Antero, estuda conversar com os prefeitos e com o comércio local para que a população apoie essa ideia. "Isso deixa nossa cidade em alerta sim. Temos casos registrados, mas precisamos buscar apoio dos prefeitos e da sociedade para fazer essa barreira aqui", comentou. 

As cidades de Arenápolis, Santo Afonso e Nova Marilândia devem aderir ao pedido do promotor, tendo em vista que até semana passada nenhum caso havia sido confirmado. 

Vale ressaltar que as cidades já fizeram barreiras sanitárias e inclusive foi proposto um lockdown quando nenhum caso havia sido confirmado, mas a última opção não chegou a ser colocada em prática, tendo em vista que os comerciantes e os próprios prefeitos não aceitaram a proposta. 

Ao que tudo indica, a barreira sanitária deve começar a funcionar 24h por dia na próxima semana, após reunião entre as autoridades. Com isso, todos que entrarem e saírem terão a temperatura auferida e receberão orientação para não circularem.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet