Olhar Direto

Segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Notícias / Cidades

Fogo devastou área equivalente a 1,1 mil campos de futebol no incêndio em frente ao Brasil Beach; fotos e vídeos

Da Redação - Wesley Santiago

13 Ago 2020 - 15:31

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Fogo devastou área equivalente a 1,1 mil campos de futebol no incêndio em frente ao Brasil Beach; fotos e vídeos
O fogo que atingiu a região do condomínio Brasil Beach, às margens da MT-010, estrada que liga Cuiabá ao Distrito da Guia, devastou 800 hectares, o equivalente a mais de 1,1 mil campos de futebol. Bombeiros precisaram ser chamados de suas folgas e foram utilizados em torno de 50 mil litros de água.

Leia mais:
Ciopaer buscou água na piscina do Brasil Beach para apagar incêndio; veja vídeo e fotos do combate
 
Conforme as informações do Corpo de Bombeiros, o combate perdurou durante todo o dia, se estendendo pela noite, sendo que as chamas somente foram controladas após sete horas ininterruptas de trabalho dos homens da corporação. No total foram 46 militares, onze viaturas e ainda havia equipes da Defesa Civil Municipal.



Na ação, foi preciso utilizar a água da lagoa artificial que pertence ao condomínio Brasil Beach para ajudar a apagar as chamas. Após o controle dos focos, o helicóptero retornou para a base, que fica no Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande.
 
A Defesa Municipal de Cuiabá esteve no local com uma equipe composta por quatro brigadistas luta contra as chamas, utilizando uma estrutura de um caminhão com tanque de mil litros de água, que era reabastecido no local mais próximo a todo momento, além de cinco assopradores.
 
Os equipamentos foram adquiridos com recursos próprios da Defesa Civil e chegaram na terça-feira (11). No mesmo dia, já foram utilizados em outra queimada de grande proporção também ocorrida na Estrada da Guia, próximo a uma empresa de alimentos. Na ocorrência, os brigadistas passaram a tarde inteira até o início da noite controlando as chamas e contaram com o apoio de uma empresa do bairro Pedra 90, que disponibilizou equipe e caminhão pipa.



De acordo com o diretor da Defesa Civil, José Pedro Ferraz Zanetti, os assopradores são mais eficientes e rápidos, além de facilitarem o trabalho dos brigadistas, que antes usavam abafadores que pesam cerca de 7 quilos. “Imagina o brigadista batendo aquele abafador no chão durante a tarde inteira para apagar o fogo. Chega no final do dia ele está quebrado. Agora com o assoprador não, o assoprador pesa menos de 10 quilos, você dependura no ombro e assopra, é muito melhor”, afirma.
 
O incêndio
´
O fogo teve início por volta das 10h30 da última quarta-feira (12) em vegetação na região do rodoanel e sucuri (próximo à Ambev) e nas proximidades do condomínio Brasil Beach. Foi constatado no local que haviam diversos focos de incêndio na qual a equipe deu prioridade aos pontos que apresentavam maiores riscos a uma fábrica de bebidas e aos condomínios próximos.
 
Focos secundários que estavam muito distantes da rodovia, impossibilitando o acesso de viaturas, foram combatidos diretamente pelos flancos com o auxílio de bombas costais e de abafadores. Com a mudança súbita da direção e da força do vento, as chamas tomaram direção contrária ao inicial, oferecendo mais força e altura às labaredas, sendo que, por volta das 12 horas, o incêndio avançou e tomou força para a vegetação próxima da rodovia Helder Cândia, sendo necessário o acionamento de mais uma equipe do CBM e outra equipe da defesa civil municipal.
 
O Ciopaer também foi acionado para apoio aéreo, com a criação de uma linha úmida para possibilitar a entrada na mata e o combate direto às chamas, além de maquinário disponibilizado por proprietários próximos, para fazer o isolamento do risco.


Comentários no Facebook

Sitevip Internet