Olhar Direto

Quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

Rosana Martinelli diz que desistência foi de cunho pessoal e partido libera membros para apoiar candidatos

Da Redação - Arthur Santos da Silva

17 Set 2020 - 19:02

Foto: Maurício Vitorino

Rosana Martinelli diz que desistência foi de cunho pessoal e partido libera membros para apoiar candidatos
Visivelmente emocionada, Rosana Martinelli (PL), prefeita de Sinop (distante 503 km de Cuiabá), tentou explicar nesta quinta-feira (17) a desistência de sua candidatura. “Nesse momento que Sinop precisa continuar avançando, nós decidimos não ir à reeleição”, afirmou em entrevista coletiva transmitida nas redes sociais.

Leia também 
Prefeita Rosana Martinelli desiste de ir à reeleição e deve apoiar Roberto Dorner

 
“Realmente foi de cunho pessoal, o PL abriu todas as posições e vieram para seguir diante da nossa candidatura, mas nós acreditamos em um projeto muito maior, por isso decidimos não irmos à reeleição”, afirmou Rosana Martinelli. “O foco é terminar o nosso mandato com excelência”, concluiu.

A prefeita ressaltou ainda o desgaste político gerado pela pandemia do novo coronavírus. "Nós estamos em uma gestão de resultados. Nós temos compromissos assumidos com a população, de terminar a gestão. Nós temos muitos projetos ainda em andamento, obras em andamento, obras sendo concluídas e principalmente a pandemia mundial que nenhum prefeito dessa cidade administrou. A situação ainda não está sob controle".

O senador Wellington Fagundes (PL) esteve presente na coletiva de imprensa e avaliou a decisão. “Uma decisão política é sempre algo pessoal”, explicou. Fagundes salientou ainda que respeita a decisão de Rosana, mas gostaria de ver Sinop representada por uma mulher. “A sua decisão está respaldada pelo partido, decidimos que os vereadores têm liberdade de escolher quem deve apoias, sem nenhuma sanção partidária”, complementou o parlamentar.
 
Mesmo sendo cria de um grupo político do ex-prefeito e atual deputado federal Juarez Costa (MDB), Rosana deve ser cabo eleitoral de Roberto Dorner, que está no Republicanos e conta com bom tempo de TV por conta das composições. 

Além de Dorner e Juarez, disputarão Jorge Yanai (Podemos), delegado Sergio (PSC) e professor Roberto Arruda (PT).

Comentários no Facebook

Sitevip Internet