Olhar Direto

Sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Notícias / Política MT

Candidatos lançam campanha em redes sociais, comícios, adesivaços e até na igreja

Da Redação - Max Aguiar

28 Set 2020 - 16:41

Candidatos lançam campanha em redes sociais, comícios, adesivaços e até na igreja
O primeiro dia de campanha eleitoral para prefeito de Cuiabá e Várzea Grande e da eleição suplementar ao Senado começou de forma distinta entre os candidatos que pleiteiam as vagas na eleição que ocorrerá em 15 de novembro deste ano. Teve de tudo, desde ida à igreja até comício na porta do Palácio Alencastro. 

Leia mais:
Frical diz que Jayme está ‘desesperado’ porque vai deixar a prefeitura depois de mais de meio século

O atual prefeito e postulante à reeleição, Emanuel Pinheiro (MDB), começou o domingo indo à missa ao lado da primeira-dama Márcia Pinheiro. Eles entregaram o manto que cobre a imagem do Senhor Bom Jesus, ao Padre Deusdédit Monge. O ato marca o encerramento dos festejos em homenagem ao padroeiro, que neste ano, devido a pandemia da Covid-19, não será realizada. 

Na mesma missa estava Felipe Wellaton (Cidadania), que é candidato a vice-prefeito de Cuiabá na chapa com Abílio Júnior (Podemos). Ele não quis politizar sua ida ao local religioso, apenas comentou que foi pedir bênção para começar o trabalho político. 

Do lado da Catedral de Cuiabá, na Praça Alencastro, estava Gisela Simona (Pros) e seu candidato a vice-prefeito, Maestro Fabrício de Carvalho (PDT), fazendo um verdadeiro comício à céu aberto de lançamento da campanha. Com bandeiras e jingles, Gisela contou com apoio de militantes, como o presidente de seu partido, deputado João Batista e vários candidatos a vereador. 

Uma carreata marcou o primeiro dia de campanha do PT, com o candidato Julier Sebastião. Porém, o ato oficial será na terça-feira (29), a partir das 16h, no diretório municipal. A chapa “Cuiabá: quem defende você é o PT”, tem Julier Sebastião (PT) como candidato a prefeito e Vera Bertoline (PT) como candidata a vice-prefeita.

Por conta da infecção pela Covid-19, o candidato do PSL, Aécio Rodrigues, não lançou campanha oficialmente no domingo. Ele ainda permanece recluso em casa, assim como o candidato ao Senado pelo DC, deputado Elizeu Nascimento. 

Pelos lados de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB) usou as redes sociais para começar seus trabalhos como candidato oficial a prefeito da cidade de Várzea Grande. Ele logo destacou o nome da família, o prestígio de ser neto de Sarita e filho de Nico Baracat e do apoio que receberá de Jayme e Lucimar Campos. 

O empresário Flávio Frical (PSB), fez um adesivaço no Tênis Clube da cidade. Mais de mil carros foram adesivados e assim foi o lançamento do candidato. Recebendo seus apoiadores, candidatos a vereador e colocando seu nome e número à disposição dos varzea-grandenses. 

O deputado federal e candidato pelo PTB, em Várzea Grande, Emanuel Pinheiro Neto, o popular Emanuelzinho, também evitou aglomerações e foi para as redes sociais lançar o slogan: "O novo tempo chegou". Emanuelzinho deve polarizar a candidatura dele como um dos parlamentares que mais investiu na cidade desde 2019 e por conta da idade e dos projetos, ele deve manter um discurso sem brigas ou confusão com o atual governo para manter seus projetos. Por enquanto, ele lidera as pesquisas eleitoral com indicação de voto na cidade. 



Na disputa suplementar para o Senado, o começo foi bem acanhado. Por conta da pandemia, ninguém foi para as ruas e os políticos optaram por ressaltar a imagem da família e de apoiadores com mandatos em seus vídeos. Apenas o senador interino e também candidato ao cargo efetivo, Carlos Fávaro (PSD) fez evento em Lucas do Rio Verde para lançar seu nome à disputa. Ao lado do deputado Neri Geller (PP), do atual prefeito de Lucas, Luiz Binotti (PSD) e sempre citando que conta com apoio do governador Mauro Mendes, Fávaro salientou que os planos daqui pra frente é fazer um estado forte no pós pandemia. 

O candidato do PSDB, Nilson Leitão lançou a campanha às 04h56 da madrugada de domingo. Em alusão ao seu número de urna, 456, Leitão também foi às redes sociais pedir o voto de confiança de todos seus seguidores. À noite ele gravou vídeos e fez uma live de lançamento com a família e amigos em sua residência. 

Reinaldo Morais (PSC), fez uma live de café da manhã com sua família em sua casa. Salientando os planos de família, pátria e trabalho, Reinaldo, além de falar de política, ressaltou que recebe apoio da ex-juíza Selma Arruda (Podemos), que perdeu o cargo por ser cassada por crimes eleitorais e por conta disso está acontecendo a eleição suplementar para ocupação de sua cadeira no Senado. 

O deputado estadual Valdir Barranco (PT), fez apenas um post do lançamento de sua candidatura e na quarta-feira (30), durante sua passagem de bastão ao suplente de deputado, Henrique Lopes, que ficará até dezembro no cargo, ele deve fazer um discurso explicando como será seu trabalho na busca por votos da eleição suplementar. 

Euclides Ribeiro, do Avante, fez um vídeo selfie, falando sobre sua primeira eleição. Elencando sempre melhorias ao sistema financeiro de Mato Grosso e do Brasil, o advogado aposto no novo discurso para tentar colher o máximo de eleitores. 

A candidata Coronel Fernanda, que é do Patriotas e por enquanto é a única declarada entre os concorrentes a receber apoio do presidente Jair Bolsonaro, fez um adesivaço para marcar os primeiros passos da campanha. O evento reuniu cerca de 200 veículos, neste domingo (27), na Avenida Érico Presa, Jardim Itália, em Cuiabá. Coronel Fernanda, encabeça a coligação “Meu partido é o Brasil, minha missão é Mato Grosso”, composta pelo Patriota e Republicanos. 

O ex-governador de Mato Grosso, Pedro Taques (Solidariedade), também usou as redes sociais para poder confirmar que é candidato ao Senado. Aos mais de 28 mil seguidores, Pedro falou sobre recomeço, campanha transparente e propositiva.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet