Olhar Direto

Segunda-feira, 08 de março de 2021

Notícias / Cidades

Homem que matou esposa na frente dos filhos já teria ameaçado ex-companheira que fugiu para não ser morta

Da Redação - Fabiana Mendes

27 Jan 2021 - 14:20

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Homem que matou esposa na frente dos filhos já teria ameaçado ex-companheira que fugiu para não ser morta
Um familiar de Antônio Mendes Rodrigues, de 63 anos, que matou a esposa a facadas e depois tentou tirar a própria vida, disse em depoimento à Polícia Civil de Juara (a 700 quilômetros de Cuiabá), que ele tem um perfil violento e já teria ameaçado de morte a ex-companheira. Na ocasião, a mulher fugiu da cidade com medo de ser assassinada.

Leia mais:
Homem mata esposa na frente dos filhos e depois crava faca no próprio peito

Antônio matou a atual esposa facadas Silvane Alves Amaro, 37, na frente dos filhos, na residência onde eles moravam no bairro Jardim Cruzeiro do Sul, na manhã desta quarta-feira (27).

“Um familiar prestou a informação que esse indivíduo era bastante violento, inclusive já teria agredido outra esposa que teve no passado. Ela saiu da cidade temendo ser assassinada por ele. O relacionamento com a vítima desta vez, era bastante conturbado. Temos um levantamento prévio que ela já teria passado pelo Delegacia de Polícia relatando situação de violência doméstica. Mas essas informações foram apenas ventiladas e serão objeto de investigação da Polícia Civil”, afirmou o delegado Carlos Henrique em conversa com a imprensa após o crime.
 
A Polícia Militar foi acionada por volta das 6h50 para atender uma ocorrência de violência doméstica. Quando a viatura se aproximou da casa, duas crianças correram em direção aos policiais e relataram que o pai estaria matando sua mãe.
 
Quando os militares entraram na residência, se depararam com Antônio em cima de Silvane. Depois de matar a esposa, ele tentou tirar a própria vida e cravou uma faca no peito. O filho de suspeito também esteve no local e pediu para o pai soltar a faca.
 
O pedido foi atendido pelo homem, que posteriormente foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Municipal de Juara. Ele não corre risco de morte e após receber alta médica, deverá ser preso pelo crime de feminicídio.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet