Olhar Direto

Sábado, 08 de maio de 2021

Notícias | Política MT

CPI DA COVID

Bezerra diz que Senado não pode investigar governadores e critica Bolsonaro: 'não para de cometer erros'

17 Abr 2021 - 10:39

Da Redação - Isabela Mercuri / Da reportagem local - Airton Marques

Foto: Olhar Direto

Bezerra diz que Senado não pode investigar governadores e critica Bolsonaro: 'não para de cometer erros'
O deputado federal Carlos Bezerra (MDB) criticou as atitudes do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), e afirmou que o Senado Federal não pode investigar governadores e prefeitos na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. Para o parlamentar, o presidente tem cometido uma sucessão de erros, e é “muito difícil” que ele seja reeleito em 2022.

Leia também:
Wellington decide apoiar inclusão de governadores e prefeitos em CPI para evitar politização contra Bolsonaro
 
“Não pode incluir governadores e prefeitos. Isso está fora da competência da esfera federal. Quem tem competência sobre governadores e prefeitos é a Assembleia Legislativa e o Tribunal de Justiça aqui do Estado. Isso é ruim para o país, o governo cada vez mais faz bobagem, faz besteira, cria crise. O governo é para apagar crise, não criar crise. E ele cria crise diariamente, cada dia pior. Eu espero que a situação melhore, que a CPI ande e que puna realmente quem tem que punir”, afirmou Bezerra.
 
A chamada ‘CPI da Covid’ foi instalada após ser ordenada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na última semana. Ainda não há data para que os trabalhos comecem, mas a intenção é investigar o presidente Jair Bolsonaro e os danos causados na pandemia. Depois do início das discussões sobre a CPI, a base governista e o presidente tentaram pressionar para que a comissão investigasse prefeitos e governadores.
 
Uma ligação entre o presidente e o senador Jorge Kajuru, divulgada pelo próprio parlamentar, mostrou que Bolsonaro estava preocupado e instigou, inclusive, uma abertura de processos de impeachment contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).
 
Apesar da abertura no Senado, na Câmara – onde o deputado Bezerra atua – a oposição começou na última semana a coletar as 171 assinaturas mínimas para conseguir protocolar um requerimento. No entanto, esta realidade ainda é distante.
 
Para o deputado mato-grossense, Bolsonaro está mais longe do que nunca da reeleição. “É difícil, porque ele está numa descendente e não para, porque ele não para de cometer erros. Já estão dizendo até que o caso dele é de desequilíbrio mental”, finalizou.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet