Olhar Direto

Domingo, 09 de maio de 2021

Notícias | Cidades

Depoimento de testemunha

Motorista de Civic que matou empresário na Estrada de Chapada estaria embriagado

Foto: Reprodução

Motorista de Civic que matou empresário na Estrada de Chapada estaria embriagado
D.S.G., 25 anos, motorista do Honda Civic envolvido na colisão com uma motocicleta, na manhã do último domingo (18), na MT-251 (Rodovia Emanuel Pinheiro), estrada que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães, que culminou na morte do empresário Célio Oliveira, estava embriagado segundo o depoimento de uma das testemunhas do fato.

Leia mais:
Deletran identifica motorista de Civic que matou empresário na Estrada de Chapada

Nesta quinta-feira (22), o delegado responsável pelas investigações, Christian Alessandro Cabral, ouviu na delegacia a primeira pessoa que esteve no local dos fatos, que confirmou a identidade do motorista do Honda Civic e também que o suspeito estava embriagado no momento do acidente.

Segundo o delegado, o suspeito deverá ser ouvido ainda nesta quinta-feira na Deletran e responderá pelos crimes de homicídio culposo, fuga de local, omissão de socorro e também pela embriaguez ao volante.

“Ele ficará sujeito a pena de até oito anos de reclusão e será o primeiro a se sujeitar ao novo rito do Código de Trânsito Brasileiro, com as mudanças implementadas no início do mês. Com as novas regras, ele terá que cumprir, ao final do processo, toda a pena pelo qual for condenado, encarcerado”, disse o delegado.

As investigações indicaram que o ponto de colisão entre os veículos ocorreu próximo ao acostamento da faixa de direção em que a motocicleta trafegava. Os danos sofridos pela motocicleta indicam que a vítima pilotava o veículo em alta velocidade no momento do acidente.

O condutor do Honda Civic fugiu do local logo após os fatos, não prestando socorro à vítima. Desde o acidente, a equipe da Deletran realizou diligências para localizar o suspeito, que foi identificado no mesmo dia.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet