Olhar Direto

Sábado, 19 de junho de 2021

Notícias | Cidades

FACES DA PANDEMIA

Bispo, servidor do Tribunal de Justiça, educadora e biólogo morrem vítimas da Covid-19 em Mato Grosso

Foto: Montagem / Olhar Direto

Bispo, servidor do Tribunal de Justiça, educadora e biólogo morrem vítimas da Covid-19 em Mato Grosso
Poucos dias após Mato Grosso bater a marca de 10 mil mortos pela Covid-19, novas vítimas foram notificadas. Nesta segunda-feira (10) o bispo Nemias Batista Pereira, de 65 anos, e o biólogo Heber Queiroz Alves, de 36 anos, faleceram vítimas da doença. Já durante o final de semana, a educadora Edivania Maria da Silva Tavares, de 35 anos, e o servidor do Tribunal de Justiça (TJ-MT), Rodrigo Adriano Demétrio, 39 anos, também vieram a óbito após contraírem o vírus. 

Leia mais: 
Mato Grosso recebe novo lote com 17.550 doses de vacina da Pfizer nesta terça-feira

Além de atuar como pastor evangélico, o Dr. Nemias, como era popularmente conhecido, também trabalhou como advogado no município de Nova Xavantina (651 km de Cuiabá). Após contrair o coronavírus, o pastor apresentou complicações e precisou ser encaminhado para uma unidade de saúde em Cuiabá, onde ficou internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Diante do tratamento, o Nemias acabou não resistindo e faleceu, deixando esposa e uma filha. 

Ainda nesta segunda-feira (10), o também morador de Nova Xavantina, Heber Queiroz, veio a óbito vítima da Covid-19. Conhecido por atuar no Instituto Socioambiental - ISA, o biólogo foi internado em uma UTI em Barra do Garças (512 km de Cuiabá), mas acabou não resistindo. Com o seu falecimento, Heber deixa a esposa e dois filhos menores, de 6 e 2 anos.

Luto no Judiciário e na Educação 

Na última sexta-feira (7) a educadora Edivania Maria da Silva Tavares faleceu vítima da doença, em Tangará da Serra (242 km de Cuiabá). Conhecida por atuar na Escola do Campo Ministro Petrônio Portela Nunes, Edivania deixa marido e dois filhos. 

Diante do falecimento da educadora, o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), prestou condolências aos amigos e familiares. “A direção do Sintep-MT, Subsede de Tangará da Serra, presta condolências à família e amigos, desejando força nesse momento de tristeza”, escreveu em nota. 

Já no domingo (9) o auxiliar judiciário Rodrigo Demétrio veio a óbito após apresentar complicações causadas pela Covid-19. O servidor atuava na Comarca de Vila Rica e estava em Barra do Garças para cursar a faculdade de Direito, concluída no ano passado. 

Segundo a gestora-geral de Barra do Garças, Elizângela Nunes de Oliveira Schweig, o auxiliar passou vários dias internado em uma UTI, porém não resistiu ao agravamento da doença. O corpo foi levado para a cidade de Vila Rica, de onde sairá o cortejo e será realizado o sepultamento.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet