Olhar Direto

Quarta-feira, 23 de junho de 2021

Notícias | Política MT

Óbito em investigação

Governo do Estado orienta municípios a suspenderem vacinação de gestantes com Astrazeneca

Foto: Reprodução

Governo do Estado orienta municípios a suspenderem vacinação de gestantes com Astrazeneca
O secretário de Estado de Saúde Gilberto Figueiredo afirmou que orientou os municípios a suspenderem a vacinação de gestantes com a vacina da AstraZeneca contra a Covid-19, seguindo uma indicação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Leia também:
Mato Grosso recebe novo lote com 17.550 doses de vacina da Pfizer nesta terça-feira

A orientação da Anvisa aconteceu após uma gestante vir a óbito. Ainda não há comprovação, no entanto, de que o óbito esteja ligado ao imunizante. “Preventivamente nós comunicamos o município dessa decisão da Anvisa, existe um episódio em análise do óbito de uma gestante, ainda não há comprovação que foi pela AstraZeneca, mas é natural que preventivamente se interrompa. Então vamos seguir a orientação da Anvisa e interromper até que o caso seja resolvido”, explicou o secretário na manhã desta terça-feira (11) em entrevista à Rádio Vila Real.

Segundo Gilberto, as outras vacinas, da CoronaVac e da Pfizer, continuam liberadas para imunizar gestantes. O caso do óbito está em análise pela Anvisa e se for comprovado que não tem relação com a vacina, ela pode ser retomada em breve. A morte aconteceu no Rio de Janeiro.

A nota da Anvisa não cita a imunização de puérperas e lactantes, e o secretário também não incluiu estes grupos na suspensão. A vacinação de gestantes foi liberada pelo Ministério da Saúde no último mês, após aumento de casos de Covid-19 neste grupo.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet