Olhar Direto

Domingo, 22 de maio de 2022

Notícias | Cidades

SAIBA COMO AJUDAR

Cão tem a espinha partida ao meio após atropelamento e precisa de um lar e cadeira de rodas

Foto: Reprodução

Cão tem a espinha partida ao meio após atropelamento e precisa de um lar e cadeira de rodas
Um galho quebrado ao meio. A frase expressa com exatidão o que ocorreu com o cãozinho Rubens, de cerca de 4 anos, atropelado na noite de 27 de dezembro de 2021, na avenida Historiador Rubens de Mendonça, conhecida como avenida do CPA, em Cuiabá. Sem amparo de uma cadeira de rodas e de um tutor, o animal, que segue na clínica veterinária Agro Dog, possui uma dívida que já chega a R$ 3 mil, só em remédios e internação.

Leia também:
Quase 20 gatos são resgatados e associação pede ajuda para castração e adoção

Em dezembro passado, após mais de uma hora aguardando ajuda em meio a uivos de dor, o cachorro – posteriormente batizado como Rubens - foi retirado do local com ajuda de um autônomo e de uma equipe de policiais militares.

O animal foi colocado no carro do rapaz e levado para uma clínica. Só na primeira noite, foram cerca de R$ 1,1 mil em despesas para o atendimento emergencial. O valor foi pago à vista pelo autônomo e uma colega.

O autônomo Antônio Costa conta que as cenas do atropelamento de Rubens e o desfecho do desespero do animal, só tiveram fim após ele se comover e também pedir ajuda a uma amiga para o resgate, que o incentivou a não deixar o animal na rua, ferido e indefeso.

Ele conta que após sair do serviço, por volta das 21h30, ouviu um estrondo. Inicialmente, percebeu o que se passou, que se tratava do atropelamento de um cão, mas ainda assim decidiu ir embora. No entanto, após percorre alguns metros, a consternação diante do sofrimento do indefeso animal falou mais forte. Sem obter ajuda para o resgate do bicho por órgãos oficiais e, mediante o apoio de uma colega, retornou ao local e retirou o animal das margens da via. Rubens passou à noite em uma clínica particular.

 “Confesso que estava atordoado. Como presenciar uma situação tão dolorida e ir embora? Resolvi retornar. Pedi ajuda a policiais militares que estavam na região, arrumei uma lona e coloquei o cachorro no meu carro. No dia do atropelamento, o cão, que pesava 22 quilos, gemia de dor. Eu sabia que algo de muito ruim tinha acontecido”, relata.

Horas depois, já na madrugada, o resultado do exame de raio-x que poderia apontar os danos reais ao cão, chegou, via aplicativo celular. “Ao mais leigo já era possível constatar a fratura da coluna.  Quebrou ao meio. Foi realmente desesperador”, desabafou.

Na manhã seguinte, Antônio e uma colega transferiram o animal para outra clínica, contando com a boa vontade da proprietária do estabelecimento. Dessa vez, só os gastos de internação, sem medicamentos e a consulta com uma veterinária especialista em ortopedia, somaram outros R$ 800. 

Hoje, trinta dias após ser atropelado e deixado para morrer esmagado no meio da avenida do CPA, alheio à questão financeira ou a quem poderá lhe ajudar ainda mais, Rubens   arrasta-se para tentar se acostumar com sua nova vida de cão especial. Dócil, o animal mostra-se firme e engajado no propósito de viver.

Rubens não tem um lar em definitivo e também precisa de uma cadeira de rodas especial, com preço de aproximadamente R$ 400. Ele segue internado com ajuda da clínica veterinária instalada na rua Comandante Costa. Os proprietários do local já cuidam de 26 cães.

“Já me perguntaram o motivo pelo qual não determinei a eutanásia do animal, mas para quem o conhece, isso seria impossível. E nenhum veterinário faria isso com um animal que está bem. O Rubens tem o olhar mais amigo do mundo. Ele inspira ternura.  Jamais viveria com esse sentimento. Resgatar e matar o animal? Como fazer isso? Como conviver?”, desabafou.

Para quem puder ajudar ou tiver interesse em adotar Rubens, entrar em contato com Antônio Costa, por meio do Whats, (65) 99928-9891.

A chave Pix é (65) 99928-9891.

 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet