Olhar Direto

Quinta-feira, 18 de abril de 2024

Notícias | Política MT

sem acordo

Mauro critica postura de líder dos pescadores durante audiência de conciliação no STF: 'agiu em baixíssimo nível'

02 Abr 2024 - 11:20

Da Redação - Rafael Machado / De Brasília - Max Aguiar

Foto: Max Aguiar/Olhar Direto

Mauro critica postura de líder dos pescadores durante audiência de conciliação no STF: 'agiu em baixíssimo nível'
O governador Mauro Mendes (União) criticou a postura adotada pela presidente da Associação de Segmento de Pesca de Mato Grosso (ASP-MT), Nilma Silva, que se exaltou e o atacou durante reunião de conciliação sobre a Lei do Transporte Zero no Supremo Tribunal Federal (STF).


Leia também
Tentativa de conciliação é frustrada após Mendonça se irritar com Wilson e líder de pescadores em audiência


Na avaliação do governador, a representante, que é esposa do deputado estadual Wilson Santos (PSD), “baixou o nível” do encontro, irritando o ministro André Mendonça, que encerrou a audiência após o episódio.

“Mostrou um baixo nível, um despreparo, quem apela, apelou, perdeu. O ministro se irritou, encerrou a reunião, disse que não ia fazer do Supremo palco ou palanque para ninguém que não estava aqui com o objetivo de contribuir para um eventual consenso, e nós sempre buscamos o bom senso, buscamos melhorar o projeto, mas ela lamentavelmente agiu em baixíssimo nível irritando o ministro, que encerrou a audiência”, disse ao Olhar Direto.

Durante a reunião, Nilma atacou pessoalmente o governador, discurso que foi encerrado pelo ministro, que finalizou a audiência lamentando a postura que foi adotada.

“Por hora está frustrada a conciliação e vou tornar os autos conclusos, ouvir a Procuradoria Geral da República numa última manifestação e vou tomar a decisão que entender pertinente no caso concreto”, disse.

Mauro comentou que o estado adotou todas as medidas possíveis para tentar amenizar o impacto da lei aos pescadores. Ele ressaltou que o estado vai obedecer a decisão do ministro, independente da resposta.

“Fizemos alguns ajustes no projeto tentando adequar e melhorar um projeto de lei como qualquer ideia, como qualquer iniciativa pode sofrer evoluções. Entretanto, chegamos no limite e que nós humildemente vamos acolher a decisão, seja qual for que ele tomar”, destacou.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet