Olhar Direto

Sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

Mauro Mendes cobra de Jair Bolsonaro desburocratização e combate à violência

Da Redação - Érika Oliveira

29 Out 2018 - 17:00

Foto: Rogerio Florentino/Olhar Direto

Mauro Mendes cobra de Jair Bolsonaro desburocratização e combate à violência
A partir de janeiro de 2019, Mato Grosso e o Brasil terão seus Governos conduzidos por novas mãos. Eleito ainda em primeiro turno, o futuro governador do Estado, Mauro Mendes (DEM), não esperou cessar o clima de comemoração e já cobrou do presidente escolhido por 55% dos votos válidos neste domingo (28), Jair Bolsonaro (PSL), algumas de suas principais promessas de campanha: a desburocratização do serviço público e o enfrentamento da violência.

Leia mais:
Jair Bolsonaro é eleito presidente da República e conquista 66% dos votos em MT; veja repercussão

“Espero que o Brasil encontre um novo caminho e que o nosso presidente Jair Bolsonaro possa fazer tudo aquilo que os brasileiros esperam de um Governo Federal. Que vá na linha da simplificação do Estado, que desburocratize, que realmente enfrente o problema da criminalidade da forma que precisa ser feito, para trazer novamente a liberdade para a grande maioria das pessoas de bem que estão amedrontadas nesse país”, declarou Mauro Mendes, após o anuncio da vitória de Jair Bolsonaro.

Mauro votou no candidato do PSL desde o primeiro turno e, cabe destacar, possui agenda alinhada com o futuro presidente. Ambos pretendem reduzir o número de secretarias e ministérios e defendem, além do estado mínimo, um aumento na repressão à criminalidade.

Quanto aos cortes prometidos, que envolvem também a demissão de cargos estratégicos, nem Mauro Mendes nem Jair Bolsonaro especificaram quais pastas serão atingidas. No caso de Mato Grosso, a promessa é de que até o próximo mês haja um detalhamento neste sentido.

A expectativa, com relação ao Governo Federal, é de que já nas próximas semanas a equipe econômica comandada pelo guru de Bolsonaro, o economista Paulo Guedes, revele algumas das ações que serão implementadas pelo próximo Governo.

Em Mato Grosso, Bolsonaro recebeu mais de 66% dos votos, enquanto seu adversário, Fernando Haddad (PT) ficou com pouco mais de 33%. Em praticamente todas as cidades do Estado, o presidente eleito teve mais votos.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet