Olhar Direto

Sábado, 21 de setembro de 2019

Notícias / Educação

Programa ‘Educação Conectada’ quer levar internet para 391 escolas de MT até dezembro

Da Redação - Isabela Mercuri

07 Set 2019 - 14:12

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Programa ‘Educação Conectada’ quer levar internet para 391 escolas de MT até dezembro
O programa ‘Educação Conectada’, do Ministério da Educação (Mec) e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) deve levar internet a 391 escolas de Mato Grosso até o final do mês de dezembro de 2019. Na última semana, seis escolas de Colniza (761km de Cuiabá) foram as primeiras a receber as antenas.

Leia também:
Inscrições para concurso da Prefeitura de Cuiabá são prorrogadas; salários chegam a R$ 3,5 mil

“Imagine bem um jovem, uma criança que mora lá em Colniza num assentamento de reforma agrária ter a mesma oportunidade de um jovem aqui de Cuiabá, de estar conectado, estar estudando, podendo aprender, poder fazer uma faculdade à distância? A internet tem esse poder hoje. É um grande programa, eu estou muito feliz de ter trabalhado durante dois anos para fazer os cadastros e viabilizar”, comemora o chefe do escritório de representação de Mato Grosso em Brasília, Carlos Fávaro.

Fávaro esteve em Cuiabá na última quinta-feira (29), e participou do evento ‘Jovens do Futuro’, realizado pela a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci). Na ocasião, ele falou sobre o ‘Educação Conectada’ aos jovens presentes.

“Fiquei muito feliz quando recebi o convite para estar aqui falando com esses jovens, e mostrar alguns exemplos, como uma grande oportunidade, uma revolução que já acontece em todo o Brasil, e em especial aqui em Mato Grosso, que é o programa ‘Educação Conectada’ para instalação de internet satelital nas escolas onde não tem essa conexão, não tinha internet até agora. É [resultado de] um esforço que fizemos, muito grande, durante dois anos no Ministério De Ciência E Tecnologia, e começou agora”.

Só em Colniza, segundo o ex-vice-governador, mil crianças serão atingidas a partir da internet nestas seis escolas. Em todo o Brasil, a ideia é levar a conexão para oito mil colégios. “Vai trazer conhecimento, oportunidades, desenvolvimento, integração social dessas crianças... é uma revolução”, comemora.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Internet
    07 Set 2019 às 16:15

    Primeiro ato do governo MM foi cortar internet das escolas , pois afinal de contas, os professores tem internet em casa p lançarem seus diários e prepararem aulas (fora do expediente) e anunciar economia com internet. Agora anunciam programa de internet na escola p promover o ministro que diz a crianças que o Brasil é só para os melhores.

Sitevip Internet