Olhar Direto

Terça-feira, 22 de outubro de 2019

Notícias / Política MT

Em NY, Mendes quer melhorar imagem de MT e conquistar investimento internacional

Da Redação - Érika Oliveira

17 Set 2019 - 07:55

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Em NY, Mendes quer melhorar imagem de MT e conquistar investimento internacional
Embora negue a mudança no discurso, o governador Mauro Mendes (DEM) adotou um tom mais ameno ao falar da crise ambiental desencadeada pelo avanço das queimadas na região Amazônica. O democrata manteve a posição de que a comunidade internacional precisa “compensar” o Brasil pelos ativos naturais, mas ponderou que sua ida a Nova York, no final de semana, tem por objetivo “defender a imagem de Mato Grosso” perante outros países.

Leia mais:
- Mauro rejeita política externa de combate ao desmatamento e anuncia nova plataforma de monitoramento
- Mauro Mendes vai a Nova York divulgar avanços de Mato Grosso no setor do Meio Ambiente

“É uma agenda pra defender a posição de Mato Grosso, defender a nossa imagem perante o cenário internacional. Nós vamos apresentar aquilo que nós estamos fazendo para um conjunto de investidores, inclusive, para atrair para esse modelo que nós temos no Estado, que é um modelo que a gente reputa que pode ser usado como exemplo para o mundo, onde se produz muito e se tem uma grande parte do nosso território ainda preservado”, disse o governador, na segunda-feira (16).

O governador embarca rumo aos Estados Unidos já na sexta-feira (20), para participar da Semana do Clima em Nova York. Na oportunidade, Mendes também irá cumprir outras agendas, paralelas ao evento principal conduzido pela Organização das Nações Unidas.

Durante a viagem, conforme havia adiantado o Olhar Direto, o governador pretende discutir a possibilidade de novos acordos bilaterais, a exemplo dos que o Estado já possui com países como Alemanha, Reino Unido e Noruega.

Atualmente Mato Grosso possui acordos com os governos do Reino Unido, Alemanha e Noruega, entidades privadas da Holanda, Reino Unido, Alemanha e Noruega e 5 agências da Organização das Nações Unidas (Onu).

O avanço das queimadas e do desmatamento em todo o Brasil resultou, até o momento, na suspensão do envio de mais de R$ 280 milhões para o Fundo Amazônia – do qual Mato Grosso faz parte. O fundo foi criado em 2008 e já captou R$ 3 bilhões em doações que financiaram projetos de estados, municípios e da iniciativa privada para o desenvolvimento sustentável da Amazônia Legal. Noruega e a Alemanha contribuem juntas com mais de 90% do total dos recursos.

Vale lembrar que no mês passado, logo que estourou a crise, Mauro Mendes deu declarações alinhadas ao discurso polêmico do presidente Jair Bolsonaro (PSL) contra organizações internacionais que defendem a preservação do meio ambiente.

“Ninguém nesse planeta tem moral para falar de Mato Grosso, quando aqui nós estamos preservando em torno de 64% do nosso território e produzindo a maior quantidade de grãos por km². Queremos preservar sim, queremos cumprir a legislação. Mas aquilo que for legal nós vamos autorizar de maneira célere e rápida para poder permitir o crescimento do Estado. Então, não é americano, não é europeu, não é ninguém que vem meter o dedo na nossa cara”, disse, na ocasião.

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Aff
    18 Set 2019 às 09:37

    Sombra, acorda! Bolsonaro é praticamente o precursor da fake news no Brasil! Cada uma...

  • Sombra
    17 Set 2019 às 13:35

    Hein Cláudia, solta o Lula então que melhora não é? Vcs esquerdistas só sabem ir na conversa da fakemídia e mais nada.

  • Xai
    17 Set 2019 às 11:59

    Aproveita e leva uma foto recente do amanhecer de Cuiabá ou qualquer outra cidade de MT ou ainda do Pantanal. Coisa linda de ver - ou não ver - só tem fumaça. Pena que não dá pra levar ar engarrafado. É um perfume maravilhoso: Eau Defumeé.

  • Cláudia
    17 Set 2019 às 09:27

    Melhorar a imagem e o conceito ambiental de MT é afastar de Bolsonaro que hoje é conhecido no mundo inteiro como inimigo e destruidor da floresta Amazônica e também não pegar carona no helicóptero do ministro do meio ambiente que é executor dessa política nefasta!!!

  • PR
    17 Set 2019 às 08:54

    Filme repetido. Taques Maggi fizeram o mesmo... e com o mesmo objetivo rsrsrs deram um esticada nos EUA ... com dinheiro público... e nada de consistente se aproveitou exceto os viajante desfrutando de toda mordomia possivel

  • PR
    17 Set 2019 às 08:54

    Filme repetido. Taques Maggi fizeram o mesmo... e com o mesmo objetivo rsrsrs deram um esticada nos EUA ... com dinheiro público... e nada de consistente se aproveitou exceto os viajante desfrutando de toda mordomia possivel

  • alex r
    17 Set 2019 às 08:19

    Mendes quer melhorar imagem de MT.. tai uma coisa que duvido, sim duvido pq como jogou contra esse nosso governador , dizendo para os 4 cantos que MT estava em crise , crise isso , crise aquilo , quem em sã consciência investe em empresa quebrada?

  • Marcos Silva
    17 Set 2019 às 08:13

    Esse cara tem os defeitos dele, mas tem que tirar o chapéu pra ele. Só não vai me aparecer em vídeo colocando dinheiro no paletó também. Mas tá de parabéns até aqui!