Olhar Direto

Terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Notícias / Política BR

Comissão aprova requerimento de Rosa Neide e convoca ministro para explicar "plantações de maconha"

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

07 Dez 2019 - 14:11

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Comissão aprova requerimento de Rosa Neide e convoca ministro para explicar
A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou um requerimento de autoria da deputada mato-grossense Rosa Neide (PT), que convoca o ministro da Educação Abraham Weintraub, para explicar as acusações de existência de supostas plantações de maconha e laboratórios de produção de drogas sintéticas em universidades federais.

Leia também
Wellington diz que PL está com dificuldades de encontrar candidato para enfrentar Emanuel


Para a deputada, que é coordenadora da Frente Parlamentar em Defesa da Escola Pública e em Respeito ao Profissional da educação, o ministro não entende o peso do cargo que ocupa.

“Como se observa, ele ataca reitores, universidades, professores, pessoas comuns com as quais não concorde ou em relação às quais nutra preconceito. Destila ódio. Ele não conduz corretamente a agenda educacional, com equilíbrio necessário”, afirmou.

Rosa Neide reiterou a votação expressiva a favor da convocação. “Foram 24 votos a 8, unindo a oposição e outros partidos. Nós queremos esclarecimentos e uma apresentação sobre o que foi feito pelo MEC em 2019 e o que fará, por exemplo, em relação ao Fundeb, que precisa ser aprovado”, disse.

A ida do ministro, que disse em entrevista no mês de novembro que as universidades são ‘madraças de doutrinação’ e ‘tem plantações extensivas’ de maconha, além de os laboratórios de química estarem desenvolvendo droga sintética, a metanfetamina, deve ia à Comissão está na próxima quarta-feira (11).

As declarações do ministro foi duramente repudiada por alguns reitores das principais universidades federais do país. Em Mato Grosso, a reitora da UFMT, Miryan Serra não quis se pronunciar sobre o assunto.

12 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Michele
    08 Dez 2019 às 16:50

    Se não me engano foi no governo do qual ela foi secretária de educação que as crianças estudavam em salas de latão, parecendo sardinha uma verdadeira tortura...

  • Airton
    08 Dez 2019 às 11:25

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • LUNETA
    08 Dez 2019 às 08:02

    TADINHA DESSA DEPUTADA. O MAIS CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER VER.

  • Reginaldo
    08 Dez 2019 às 06:16

    Ora ora ora deputada, não sei se a chamo de inocente ou de mal intencionada... maconha na UFMT é igual sempre teve e sempre vai ter... esse pessoal do PT insiste em querer viver num mundo paralelo da realidade. Triste.

  • Bund
    07 Dez 2019 às 21:00

    E o material escolar dos índios?!

  • PINGA BRABA
    07 Dez 2019 às 19:52

    DROGAS NAS UNIVERSIDADES QUE NOVIDADE SEMPRE EXISTIU DEPUTADA DEIXA DE HIPOCRISIA NA GRANDE MAIORIA DOS USUÁRIOS SÃO MILITANTES PT PSOL PCDOB

  • Joao
    07 Dez 2019 às 19:28

    O Governo Federal deveria enviar ao Congresso Nacional um projeto de lei estabelecendo a exigencia de exame toxicologico para matricula de alunos em cursos superiores e para os professores tambem. Seria o Projeto Escola sem Maconha.

  • Jorge Silva
    07 Dez 2019 às 19:18

    Força guerreira. Nossa melhor deputada.

  • Chacal
    07 Dez 2019 às 18:19

    Na absoluta falta do que fazer e propor, como sempre defendendo os cumpanheiros e os manos.

  • Raimundo
    07 Dez 2019 às 16:38

    Um partido que tem um presidiário como líder, é o ramo de trabalho deles.

Sitevip Internet