Olhar Direto

Quinta-feira, 05 de agosto de 2021

Notícias | Política MT

NA CASA DE BOTELHO

DEM se reúne e estabelece reeleição de Mauro como prioridade; sigla quer eleger cinco deputados estaduais e dois federais

Foto: Reprodução/Instagram

DEM se reúne e estabelece reeleição de Mauro como prioridade; sigla quer eleger cinco deputados estaduais e dois federais
Partido que mais cresceu nas eleições municipais (24 prefeitos eleitos), o Democratas reuniu suas principais lideranças na noite desta segunda-feira (17) e definiu as estratégias e metas para o pleito de 2022. Apesar de não confirmar candidatura, a reeleição do governador Mauro Mendes foi definida como carro chefe das articulações da sigla. Além disso, a legenda quer ampliar seu espaço na Assembleia Legislativa (ALMT), de duas para cinco cadeiras, e eleger ao menos dois na Câmara dos Deputados.

Leia também:
Botelho afirma que DEM ainda não vai discutir Governo, mas lutará para que Mauro saia à reeleição

Der acordo com o presidente regional do DEM, Fabio Garcia, as lideranças do partido seguirão unidas para ter nomes qualificados nas chapas que disputarão os legislativos.

Essas lideranças política vão trabalhar na formação de nomes qualificados para compor a chapa do DEM. Vamos priorizar a qualidade

“A partir de agora nós vamos fazer um trabalho conjunto com todas as forças políticas do partido, que inclui o governador, o senador Jayme Campos, os dois deputados estaduais (Eduardo Botelho e Dilmar Dal Bosco), o ex-governador Júlio Campos, o chefe da Casa Civil Mauro Carvalho e o conjunto de secretários do governo que são filiados ao DEM. Essas lideranças política vão trabalhar na formação de nomes qualificados para compor a chapa do DEM. Vamos priorizar a qualidade”, disse ao Olhar Direto, logo após a reunião realizada na casa de Botelho, na Capital.

Essa foi a primeira reunião oficial para tratar sobre o futuro da sigla e projeto de reeleição de Mauro. A demora da diretoria em marcar um encontro para dar o pontapé inicial nas articulações foi até criticada por alguns democratas, como os estaduais Dilmar e Botelho; este último chegou a afirmar que Fabio deveria deixar a presidência da sigla, caso continuasse se recusando a não debater 2022.

O encontro foi marcado para às 18h30, César Mirada, Júlio, Dilmar e Jayme chegaram antes mesmo de Botelho, que só apareceu por volta das 20h, acompanhado do governador e do secretário Mauro Carvalho (Casa Civil). Os três se atrasaram pois estavam no Palácio Paiaguás fechando a proposta do Poder Executivo quanto a isenção dos aposentados na alíquota da Previdência.

Sobre os próximos passos, Fabio ressalta que a sigla seguirá com a premissa de respeitar a pandemia e evitar grandes eventos com aglomerações. “Nós não vamos fazer grandes mobilizações, em respeito ao momento de pandemia que vivemos. Não é hora de fazer grande reuniões e eventos, mas vamos intensificar o diálogo mais privado com algumas lideranças”.

O encontro ainda contou com Wagner Ramos, a primeira-dama Virginia Mendes e o secretário Alberto Machado, o Beto Dois a Um (Cultura, Esporte e Lazer), que registrou a reunião por meio de uma selfie.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet