Olhar Direto

Terça-feira, 17 de setembro de 2019

Notícias / Cidades

Chacina em Várzea Grande foi motivada por briga entre PCC e CV; dois sobreviveram porque balas acabaram

Da Redação - Wesley Santiago

04 Out 2018 - 14:19

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto/Reprodução

Chacina em Várzea Grande foi motivada por briga entre PCC e CV; dois sobreviveram porque balas acabaram
A chacina ocorrida em Várzea Grande, que terminou com quatro pessoas mortas (sendo dois homens e duas adolescentes), foi motivada por uma briga entre duas facções rivais, o Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho (CV). Os alvos, que estavam em uma residência no bairro Água Limpa, teriam matado um membro da organização rival, em Tangará da Serra (244 quilômetros de Cuiabá), no mês passado.

Leia mais:
Membro de facção é preso por chacina de quatro pessoas; polícia apreende dinamite e armas
 
Thalyson Thiago Taorda Oliveira, 23 anos, o único preso até o momento pela chacina, confessou o crime e contou à delegada titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf), Elaine Fernandes da Silva, que ele é membro do Comando Vermelho e recebeu “ordens de uma das lideranças” para executar os homens.
 
Segundo o preso, a motivação está relacionada ao fato das vítimas integrarem facção rival e terem cometido uma tentativa de homicídio na cidade de Tangará da Serra, há cerca de 30 dias, contra um integrante da organização deles.
 
Pela manhã, os criminosos foram até o local, na rua Miguel Leite, centro de Várzea Grande e, encapuzados, tiraram o portão do trilho e invadiram a casa surpreendendo as vítimas com dezenas de disparos com as armas de fogo, enquanto dormiam em um quarto.
 
Thalyson ainda revelou que os três somente pararam de atirar porque as munições acabaram e pensaram que todas as vítimas estavam mortas. Sobre a morte das adolescentes, o suspeito se recusou a informar as circunstâncias do duplo homicídio.
 
A delegada Elaine Fernandes acrescentou que o trabalho iniciou deste a notícia dos crimes e que os investigadores permaneceram por horas ininterruptas, até a total identificação dos criminosos e prisão de um deles. "Acreditamos que em curto espaço de tempo todos serão presos. Enalteço o trabalho da equipe policial da Derf que trabalhou incessantemente para restabelecer a paz social", agradeceu a delegada.
 
As vítimas fatais foram: Felipe Melo dos Santos, 25; Leandro Luiz de Oliveira, 20; Keize Rodrigues, 16 anos e Lana Talyssa Moreira Bezerra, 13 anos.
 
Além de Thalyson, a polícia também identificou Donato Silva Nascimento (Netinho), 24 anos, e Luiz Fernando Oliveira Caetano Moreira (Dumbo ou Dumbão), que também irão responder pelos mesmos crimes.

10 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • fabricio
    06 Out 2018 às 11:51

    JUVENTUDE PERDIDA a de hoje!

  • Rogério
    05 Out 2018 às 11:02

    Ótimo, queria ler noticia dessa todo dia !

  • Luís Lima
    05 Out 2018 às 10:09

    Infelizmente quem anda nessa vida o final é cadeia ou caixão por isso DIA 07 É 17 BOLSONARO NELES

  • Prozélio
    05 Out 2018 às 08:57

    Concluindo meu comentário: e acabar com a vitaliciedade dos juízes e ministérios públicos, pois mesmo que eles roubem dinheiro público o pior que lhes acontece é ser aposentado com uma gorda remuneração, Bolsonaro nem nenhum tem propostas visando essas mudança, pois o Brasil só melhorará daqui uns 300 anos se houverem mudanças que cortem os privilégios (de cima pra baixo), por isso pra Presidente meu voto é nulo, somente a cultura e o conhecimento libertam, nenhum dos candidatos tem propostas como estas que eu elenquei, ou seja, tudo continuará a mesma coisa, o pobre cada vez mais pra baixo e os privilegiados uma minoria por cima, Brasil país das elites.

  • Gumercindo do Dom Aquino
    05 Out 2018 às 07:58

    Medidas drásticas e urgentes precisam ser adotadas pelos nossos gestores ou o nosso país vai se transformar em uma praça de guerra a favor da bandidagem. Os índices de violência são os piores de nossa história. Tomara que o próximo presidente tome medidas que intimidam a prática criminosa que se analisou em nosso país.

  • Nascimento
    05 Out 2018 às 07:45

    Interessante que estas facções cresceram no governo do PSDB e PT e agora eles apresentam soluções para acabar com elas. Tempos estranhos.

  • Valentim
    04 Out 2018 às 19:56

    kkkkkkkkkkkkkk. Olha esse BOLSONARO não vai acabar com nada não, pq tá lá a 27 anos e poderia estar brigando incansavelmente por isso a muitos anos e não briga, seu estado Rio de Janeiro, essas faccoes são de lá. Gente abram o olho.

  • Prozélio
    04 Out 2018 às 19:41

    Qual o candidato que mente abusando da ignorância do povo dizendo que vai liberar posse arma ao povo? Que vai acabar com as audiências de custódias? Pois saibam que as leis criminais não podem ser delegadas ao Presidente da República nem instaladas por Medida Provisória, está nos diversos dispositivos constitucionais, jurisprudência dos órgãos superiores da Justiça e nos diversos estudos dos operadores e doutrinadores do direito, quem poderia mudar as leis seriam os parlamentares (Deputados Federais e Senadores), ele ficou 28 anos lá e cadê seus projetos? Além do mais ao meu ver essa matança e o pior de tudo o risco da sociedade está na lei fraca, precisaríamos de uma nova constituição em que o povo exigisse o fim das escolhas políticas para o Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justiça, Sup. Trib. Militar, TST, TCEs nos estados, só acompanhar o noticiário e ver o quanto de vagas compradas nos Tribunais de Contas de MT, também acabar com que o STF aumente o próprio salário causando o efeito cascata e aumentando salários dos políticos, e todos os juristas e todos os políticos (efeito cascata), a diminuição da quantidade de parlamentares e acabar com a vitaliciedade dos juízes e ministérios públicos, pois mesmo que eles roubem dinheiro público o pior que lhes acontece é

  • alex
    04 Out 2018 às 16:14

    Infelizmente estamos ficando refem Destas faccões. Pra quem tiver curiosidade esse podcast detalha bem essa triste realidade. http://salvomelhorjuizo.com/post/157776632898/smj-42-guerra-entre-fac%C3%A7%C3%B5es-a-passagem-de-2016

  • Carlos Nunes
    04 Out 2018 às 14:56

    Qual é o candidato a presidente que as Facções, o Crime Organizado, os Traficantes nacionais e internacionais, as Máfias do Brasil...não querem que seja eleito DE JEITO NENHUM? BOLSONARO...então é bom cravar o voto nele, antes que seja tarde demais. Outro dia um comentarista policial do Jornal de RedeTV disse: antigamente só tinha 1 Facção criminosa, hoje já tem 87 Facções. Alguém tem que parar isso, antes que apareçam umas 300. Precisaria de um Capitão América pra combater isso...mas como o Capitão América é só personagem de Gibi, vamos de Capitão BOLSONARO mesmo. No primeiro turno...

Sitevip Internet