Olhar Direto

Segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Notícias / Política MT

Ex-senadora, vice-governador e deputados não conseguem retomar carreira política

Da Redação - Lucas Bólico

13 Out 2018 - 16:57

Foto: Rogério Florentino/Montagem/Reprodução

Ex-senadora, vice-governador e deputados não conseguem retomar carreira política
Figuras que há alguns anos estão afastadas da vida pública tentaram, sem sucesso, reconquistar mandatos nesta eleição. Na lista dos “barrados na urna” estão ex-deputados, vice-governador, prefeito de Cuiabá e senadora.

Leia mais:
Bem votados e sem mandato: veja quem foi “injustiçado” pelo quociente eleitoral
 
A ex-senadora Serys Shessarenko (PRB) tentou uma cadeira na Câmara Federal, mas não foi eleita. Ex-deputada estadual e a primeira mulher eleita senadora de Mato Grosso, à época pelo Partido dos Trabalhadores, Serys recebeu no dia 7 de outubro 33.546 votos.
 
Também na disputa por uma vaga na Câmara Federal, o ex-deputado federal Eliene Lima recebeu somente 9.330 e não se elegeu.
 
O ex-vice-governador e ex-deputado estadual Chico Daltro foi outro que tentou retomar a carreira política. Sua última vitória nas urnas foi em 2010, quando compunha chapa com o então governador Silval Barbosa, que disputou a reeleição. Este ano Daltro tentou coltar a AL, mas teve somente 5.548 votos.
 
O ex-vereador e ex-secretário de Estado e da Prefeitura de Cuiabá Carlos Brito também saiu derrotado na briga por uma cadeira na Assembleia Legislativa. Ele, que já foi prefeito interino de Cuiabá na década de 1990 obteve 5.464.
 
O radialista e ex-deputado federal Lino Rossi também disputou, sem sucesso, uma vaga na Assembleia Legislativa. Ele obteve somente 1.242 votos.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet