Olhar Direto

Quinta-feira, 23 de maio de 2019

Notícias / Política MT

Comissão de transição terá Pivetta, Mauro Carvalho e empresário cotado para a Sefaz; veja nomes

Da Redação - Wesley Santiago

24 Out 2018 - 11:00

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Comissão de transição terá Pivetta, Mauro Carvalho e empresário cotado para a Sefaz;  veja nomes
O governador eleito de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), anunciou os nomes que irão compor a sua comissão de transição do Governo do Estado. O próprio democrata será o responsável por coordenador o grupo. Eles irão trabalhar em uma ala na sede da Procuradoria Geral do Estado. Dentre os membros estão o vice-governador, Otaviano Pivetta (PDT) e também Pascoal Santullo Neto, que está cotado para a Secretaria de Fazenda (Sefaz).

Leia mais:
Mendes já tem nomes cotados para Saúde, Fazenda e Comunicação; Casa Civil é dúvida
 
A equipe será coordenada pelo próprio Mauro Mendes e caberá a cada um dos membros atuar em áreas setoriais e convocar outros integrantes para colaborar nos trabalhos: "Fizemos a indicação de alguns nomes iniciais, que serão ampliados com novos nomes que trabalharão setorialmente nas diversas secretarias, cuja principal função será a de levantar dados e informações que subsidiarão o planejamento da gestão".
 
Ainda conforme Mauro Mendes, “o principal objetivo desse planejamento é criar as alternativas para enxugar a máquina e estabelecer as diretrizes e ações necessárias para o início do mandato a partir do dia primeiro de janeiro de 2019".
 
Entre os nomes está o do vice-governador, Otaviano Pivetta e também o de Pascoal Santullo Neto, que está cotado como o secretário de Fazenda da gestão de Mauro Mendes. Santullo já foi secretário do democrata quando ele era prefeito de Cuiabá. Ele é empresário e advogado e assumiu a Secretaria de Gestão da Capital em 2013.
 
Confira os nomes abaixo:

Mauro Mendes
Otaviano Pivetta
Gilberto Figueiredo
Pascoal Santullo Neto
Mauro Carvalho Junior
Francisco Serafim de Barros
Marcelo de Oliveira e Silva
Margareth Busetti
Rafael Bello Bastos
Mauren Lazaretti
Adriano Silva
Salete Morockoski

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Observador
    24 Out 2018 às 19:33

    Data máxima vênia Sr.Governador. a finalidade precípua da comissão de transição é levantar centavo por centavo do Ativo e a passivo de todas as secretarias com prazo terminado para apresentar o relatório ao TCE e obviamente a população que o elegeu. Não caia na mesma vala dos seus antecessores Estaduais e Municipais. Levanta tudo e coloca debaixo do tapete para proteger quem quer que seja. Portanto nos Matogrossenses exigimos antes da sua posse os números. Todos! Centavo por centavo de cada secretaria. Convênios. Como exemplo o dinheiro para construção do hospital Júlio Muller.

  • José
    24 Out 2018 às 15:19

    Governador Mauro Mendes, é imperioso ficar de olho nos Cursos realizados pela área militar deste Estado. Veja, por exemplo, que, em 2010, o Soldado Abinoão Oliveira, que participava do Curso de Tripulante Operacional, veio à óbito durante exercício realizado no referido curso. Destaco, ainda, que o Jovem Rodrigo Claro, que participava do Curso de Formação de Bombeiro Militar em 2016, também veio à òbito, segundo informações, em decorrência de procedimentos inadequados no aludido Curso. Por fim, ressalto que, até a presente data 24/10/2018, não tenho conhecimento de que alguém foi punido de forma exemplar. Por conseguinte, solicito a Vossa Excelência que acompanhe a apuração de responsabilidades dos denunciados nos citados casos. Chega de impunidade neste Estado!

  • rina carli
    24 Out 2018 às 12:31

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet