Olhar Jurídico

Sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Notícias / Eleitoral

Selma ingressa recurso no TRE para questionar cassação

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

30 Abr 2019 - 12:13

Foto: Senado Federal

Selma ingressa recurso no TRE para questionar cassação
A senadora Selma Arruda (PSL), por meio de sua defesa, impetrou um recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) questionando a decisão que cassou o seu mandato e de seus suplentes por omitirem despesas de R$ 1,2 milhão da Justiça Eleitoral na campanha de 2018, o que configura, caixa dois e abuso de poder econômico.

Leia também
Selma chora durante discurso no Senado e se diz perseguida pelo TRE de Mato Grosso


O embargo de declaração foi protocolizado pela defesa de Selma nesta segunda-feira (29), de acordo com o andamento processual da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE).

Selma teve seu mandato de senadora cassado por unanimidade pelo Pleno do TRE no ultimo dia 10. O tribunal também determinou uma nova eleição para o cargo.

Em nota, a senadora já havia declarado que pretendia recorrer da decisão tanto no TRE, como no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O relator Paulo Sakamoto teve seu voto acompanhado por todos os magistrados que compõem o Pleno do TRE. Eles, no entanto não concordaram que a vaga fosse ocupada de forma interina pelo ex-vice-governador Carlos Favaro (PSD), terceiro colocado nas eleições do ano passado.

O gasto omitido por Selma Arruda, segundo o tribunal, corresponde a 72% das despesas feitas pela parlamentar durante a campanha.

"Ela saiu em larga vantagem em relação aos outros candidatos, ferindo o princípio da isonomia", declarou o relator.

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • joaoderondonopolis
    01 Mai 2019 às 09:50

    A senadora Selma, deveria pedir um novo julgamento no TRE. Pois estou vendo condenações serem anuladas.

  • Cara, um milhão é dinheiro demais
    30 Abr 2019 às 21:31

    Um milhão é dinheiro demais pra esconder, mas nossos políticos conseguem, uns correm com malas nas avenidas e outros mandam seus capatazes esconderem nas cuecas e meias e teve um que encheu o paletó de dinheiro (fico pensando se lá fora desse uma lufada violenta de vento de agosto, ia esparramar notas pra todos os lados na visão mais circense de se ver, e todos iríamos ficar com o queixo na clavícula, de espanto). Mas Selminha, como você (só lembrando que queimei meu voto na senhora) me faz uma coisa dessas? Logo a senhora que naquele gabinete despachou tanta coisa e viu tanto disso? Igualzinho, mil casos! É imperdoável. Se fosse o cara do paletó rico ou o cara correndo com a mala a gente até ficaria só triste, mas o gesto da senhora não, não me deixou somente triste, me deixou pensativo. E a senhora não sabe o poder que minha reflexão tem. Comecei a duvidar de tudo, tipo marido traído.

  • Nane
    30 Abr 2019 às 19:50

    Que sinal dear Juca?

  • Benedito Nogueira
    30 Abr 2019 às 19:25

    Selma deveria pagar os custos da eleição suplementar. Pois foi condenada como Lula.

  • Berenice Laundrey
    30 Abr 2019 às 16:55

    Pode berrar querida. Xauuuuuuuuuuu

  • Clovis Ali
    30 Abr 2019 às 16:54

    Embargos de declaração? Copiando o condenado Lula? Epa! Pera aí! Ela também foi condenada por unanimidade pelo TRE!

  • Da silva
    30 Abr 2019 às 15:37

    Mais do mesmo

  • Karla Regina
    30 Abr 2019 às 14:08

    Selma Arruda nunca mais!

  • JUCABALA
    30 Abr 2019 às 13:31

    #fazsinaldearminhaqueganha

Sitevip Internet