Olhar Jurídico

Sexta-feira, 12 de abril de 2024

Notícias | Administrativo

TRIBUNAL DE ÉTICA

OAB marca data para julgar se mantém suspensão preventiva de advogado flagrado agredindo ex-mulher

Foto: Reprodução

OAB marca data para julgar se mantém suspensão preventiva de advogado flagrado agredindo ex-mulher
O Tribunal de Ética e Disciplina (TED) da OAB-MT marcou para o dia 22 de março, às 8h, o julgamento disciplinar do advogado T.C.S., que foi flagrado agredindo a ex-esposa T.M.O. Em dezembro de 2023, após o caso vir à tona, ele teve seu registro suspenso preventivamente por 90 dias. No entanto, em janeiro deste ano, a conselheira Maria Ignoti Faiad restabeleceu sua regularidade profissional, pelo menos até o julgamento final, feito pelo colegiado.

Leia mais
Polícia cumpre mandados em investigação sobre morte de empresária no Manso; dois presos


Na decisão, Marina Faiad levou em consideração que ele já havia cumprido mais da metade da suspensão, a ausência de contemporaneidade dos fatos, ocorridos em 2020, que ele não foi condenado criminalmente e tem necessidade de sustentar um filho.

A conselheira lembrou que não desconsiderou o comportamento reprovável do advogado enquanto homem, porém, levou em conta as questões referidas para, somente, restabelecer seu registro profissional pelo menos até o julgamento pelo Conselho Seccional.

Relembre

T.M.O expôs uma série de vídeos e fotos numa rede social no qual o ex-marido aparece agredindo-a com tapas, puxões de cabelo e empurrões. Além da ex-mulher, o advogado criminalista ainda agrediu a filha dela. As agressões teriam ocorrido em 2020, porém, vieram à tona no ano passado.

Em uma das postagens, a mulher mostra uma sequência de fotos com as marcas das agressões que ficaram em seus braços. Em outra publicação, um vídeo, o suspeito aparece puxando o cabelo da vítima e pressionando a cabeça dela contra a cama. Os ataques foram gravados pela enteada do homem. Em dado momento, ele parte para cima da garota.

A mulher também mostrou prints de conversas com T.S., que a ofende com vários palavrões. Numa das mensagens, ele afirma que quer ver o filho, mas desde que não seja preciso "olhar na cara" da ex-esposa.

 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet