Olhar Jurídico

Segunda-feira, 27 de maio de 2024

Notícias | Criminal

ação do MP

Mãe e filho suspeitos em duplo homicídio no Shopping Popular são denunciados após apreensão de armas

Foto: Reprodução

Mãe e filho suspeitos em duplo homicídio no Shopping Popular são denunciados após apreensão de armas
Ministério Público de Mato Grosso do Sul denunciou Vanderley Barreiro da Silva e Jocilene Barreiro da Silva, por porte de arma de fogo de uso restrito. Os dois nomes, que são mãe e filho, foram presos no estado vizinho durante investigação por duplo homicídio no Shopping Popular, em Cuiabá.


Leia também 
Juiz cita possível impacto e pede informações para decidir sobre interdição de presídio com 1.016 vagas


Segundo os autos, durante cumprimento de mandados pelos homicídios, foram apreendidos revolveres, pistola e uma arma de fogo no formato de uma caneta. Em decisão do dia 10 de abril, o Juiz Marcio Alexandre Wust, da Sexta Vara Criminal da Comarca de Campo Grande, recebeu denúncia.
 
Jocilene Barreiro da Silva, de 60 anos, e Vanderley Barreiro da Silva, de 31 anos, são suspeitos de serem os mandantes da morte de Gersino Rosa dos Santos, de 43 anos, e Cleyton de Oliveira de Souza Paulino, de 27 anos.



O crime ocorreu no dia 23 de novembro do ano passado, dentro do Shopping Popular, no Bairro Dom Aquino, em Cuiabá. Mãe e filho teriam contrato o suspeito de cometer o crime, Silvio Junior Peixoto, em Minas Gerais.
 
As vítimas foram mortas a tiros. Gersino possuía uma banca de produtos eletrônicos no centro comercial. Já Cleyton, era funcionário de outra loja no shopping. Cleyton teria morrido por estar na linha de tiro do assassino. 

Vanderley e Jocilene estão presos em Cuiabá. 

 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet