Olhar Jurídico

Quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Notícias / Internacional

China aprova lei que obriga filhos a visitarem pais idosos

O Globo

28 Dez 2012 - 16:18

Foto: AP/Vincent Thian

Idoso chinês sozinho em parque no centro de Beijing

Idoso chinês sozinho em parque no centro de Beijing

A partir desta sexta-feira, visitar os mais velhos será uma lei, pelo menos na China. O governo aprovou uma emenda que altera a lei nacional sobre o trato com os idosos para exigir que filhos adultos visitem seus pais com mais frequência. De acordo com a mídia estatal, a nova cláusula permitirá que idosos processem seus filhos caso se sintam negligenciados. O texto, no entanto, não especifica com que frequência as visitas devem ocorrer.

A medida foi adotada diante do alto número de relatórios que reportam o abandono de pais mais velhos por seus filhos. No início de dezembro, a mídia relatou o caso de uma mulher de 90 anos que foi forçada pelo próprio filho a viver em um chiqueiro durante dois anos, na próspera província de Jiangsu.

A expansão da população idosa da China é fruto do aumento da expectativa de vida - de 41 anos para 73 anos, ao longo de cinco décadas - e por uma política de planejamento familiar que limita a maioria das famílias a ter um único filho.



0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet