Olhar Direto

Terça-feira, 07 de julho de 2020

Notícias / Política MT

Novas licitações do PAC em Cuiabá devem começar em 15 dias, diz Silval

De Sinop - Alexandre Alves

06 Jun 2011 - 12:00

Foto: Circuito MT

Novas licitações do PAC em Cuiabá devem começar em 15 dias, diz Silval

O governador Silval Barbosa (PMDB) confirmou, em entrevista ao Olhar Direto, em Sinop, que as licitações das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em Cuiabá e Várzea Grande, a serem ‘tocadas’ pelo Estado, devem acontecer em 15 dias. “No mais tardar até o final de junho já deve estar pronto para licitar”, falou o chefe do Poder Executivo estadual.

As obras estão paradas desde a Operação Pacenas, desencadeada pela Polícia Federal em agosto de 2009, com o intuito de apurar irregularidades nas licitações feitas pelas prefeituras das duas cidades. Na última semana, Silval conseguiu ‘aval’ do governo Federal para que o governo estadual assuma o PAC na ‘Grande Cuiabá’.

“A bola agora está com o secretário Nico Baracat [das Cidades], que está finalizando a parte jurídica e burocrática junto com os ministérios de Planejamento e das Cidades, Caixa Econômica Federal e as equipes técnicas do Estado e das duas prefeituras”, comentou Silval.

Uma das burocracias a serem resolvidas, conforme Olhar Direto informou, é a pendência jurídica com as empreiteiras contratadas pela Prefeitura de Cuiabá para realizar as obras. O governador informou que já houve um consenso entre a Caixa e os empresários sobre as medições e a ação poderá ser retirada.

O fato é que haviam conflitos nas medições feitas pelas construtoras e as feitas pelo banco. Devido a divergência, acumulou-se uma dívida entre R$ 4 milhões a R$ 6 milhões. Porém, segundo Silval, já há um acordo para que seja efetuado o pagamento e a ação proposta pelos empresários seja retirada da justiça, abrindo caminho para que o Estado realize nova licitação.

“O PAC tem medições que as empresas colocaram e que a Caixa já reconhece e estamos trabalhando nisso também, buscando um acordo com os empresários, que adiantaram que se for pago as medições feitas eles ‘largam’ mão da justiça”, afirmou Barbosa.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • phant
    07 Jun 2011 às 02:33

    so pensa nisso:medição,empreiteira.pac.Vai priorizar o +importante que e saude ,segurança

  • wagner rodrigues
    06 Jun 2011 às 12:48

    ...e for pago as medições feitas eles ‘largam’ mão da justiça”....opa..isso não é chantagem????

Sitevip Internet