Olhar Jurídico

Quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Notícias / Consumidor

MPE investiga Energisa por suposta ausência de leitura de relógio medidor em cobrança

Da Redação - Paulo Victor Fanaia Teixeira

29 Jan 2018 - 10:00

Foto: Reprodução

MPE investiga Energisa por suposta ausência de leitura de relógio medidor em cobrança
O promotor Ezequiel Borges de Campos, do Ministério Público Estadual (MPE), instaurou procedimento preparatório (que antecede inquérito) para apurar suposta ausência de leitura do relógio medidor do consumo de energia elétrica antes da emissão de faturas, por parte da Energisa. A portaria foi assinada no último dia 23.

Leia mais:
Ministério Público investiga extração ilegal de ouro em Cuiabá

O documento, bastante sucinto, informa que incluirá no pólo passivo da investigação a empresa Energisa Mato Grosso Distribuidora De Energia S.A a fim de apurar matéria do direito do consumidor – práticas abusivas. Trata-se de denúncia feita por consumidor a respeito de ausência de leitura do relógio medidor do consumo de energia elétrica previamente à emissão da fatura de cobrança.

A empresa será oficiada para prestar as devidas informações.

Se comprovada a displicência no ato da cobrança, estará configurada ofensa às normas protetivas dos consumidores estabelecidas na Lei federal nº 8.078/90 e Resolução Normativa nº 414/2010 – ANEEL.

Olhar Jurídico procurou a Energisa, que emitiu a seguinte nota:

A Energisa informa que até o momento não foi notificada sobre a portaria do Ministério Público, conforme informado pela reportagem. De toda forma, a empresa se coloca à disposição para esclarecimentos sobre o procedimento de leitura e entende que será importante para esclarecer aos clientes sobre a transparência deste processo.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • DÉBORA
    30 Jan 2018 às 13:44

    Aconteceu na minha, residência ficou 3 meses sem fazer leitura e quando chegou a conta veio cobrando um absurdo, fui na energisa tentar resolver mas não teve negociação. Tentei recorrer ao procon, não resolveu também. Infelizmente somos Obrigado a pagar esse absurdo e revoltante. procon a maioria dos casos e em relação a energia . Tenho que ir a defensoria pública para tentar resolver.

  • Irla belarmino
    29 Jan 2018 às 19:05

    A minha fatura veio 1115 kw sendo que no meu histórico de consumo nunca foi maior que 500 me liguei fiz a reclamação é me informar o que essa é a diferença das médias do mês 11 e 12 /17 Por causa das chuvas eles Fizero a média por isso veio mais alta.

  • MARILUCI FERNANDES
    29 Jan 2018 às 15:22

    isso acontece em minha propriedade na zona rural de chapada a anos, recebo a fatura do quase 15 dias antes do dia da leitura informado na conta, e eles vai ao a cada tres meses, fazendo estimativa so

  • MARILUCI FERNANDES
    29 Jan 2018 às 15:22

    isso acontece em minha propriedade na zona rural de chapada a anos, recebo a fatura do quase 15 dias antes do dia da leitura informado na conta, e eles vai ao a cada tres meses, fazendo estimativa so

  • Alberto
    29 Jan 2018 às 15:18

    Tem meses que aqui em casa a fatura vem bem acima da média, já no mês seguinte o valor cai lá em baixo. Sendo que não teve nenhum evento anormal (frio/chuva, calor intenso ou uso exagerado de algum aparelho elétrico) pra justifica isso.

  • Tiago
    29 Jan 2018 às 14:19

    TENHO UMA PROPRIEDADE EN NSA SRA DE LIVRAMENTO E A ENERGISA TEM ANOS QUE NAO VAI FAZER A LEITURA. EU QUE TODO MES INFORMO

Sitevip Internet