Olhar Jurídico

Quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Notícias / Criminal

Jornalista acusado por tentativa de estupro é denunciado pela terceira vez

Da Redação - Arthur Santos da Silva

20 Jan 2020 - 12:01

Foto: Fabiana Mendes / Olhar Direto

Jornalista acusado por tentativa de estupro é denunciado pela terceira vez
O Ministério Público de Mato Grosso (MPE) ofereceu a terceira denúncia contra o jornalista e assessor de imprensa Leonardo Heitor Miranda Araújo, acusado de tentativa de estupro e ameaça. O conteúdo do processo é delicado e não será divulgado. Acusado está preso desde o dia 25 de novembro.

Leia também 
Gol é condenada a indenizar passageira impedida de embarcar em voo
 
Conforme apurado pelo Olhar Jurídico, caso versa sobre crime de ameaça e violência contra mulher. Leonardo Heitor já é réu em outros dois processos, um deles justamente por tentativa de estupro.
 
O primeiro processo foi recebido pela magistrada Ana Graziela Vaz de Campos Alves Corrêa, no dia 19 de dezembro. O segundo caso foi recebido pela magistrada Suzana Guimarães Ribeiro, no dia 13 de janeiro, entrando em segredo de Justiça logo em seguida.
 
O recebimento da nova denúncia, a terceira, proposta no dia 10 de janeiro, será examinado pela Segunda Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Cuiabá.
 
O profissional de Comunicação está preso no Centro de Custódia de Cuiabá (CCC). O jornalista apresentou diploma de curso superior para ser transferido. Alvo de dois mandados, ambos preventivos expedidos pela Delegacia da Mulher, Leonardo Heitor é investigado por diversos crimes contra a dignidade sexual. Foram registrados dez boletins de ocorrências.
 
Buscando liberdade, o jornalista já recorreu ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), defendido pela Defensoria Pública. Porém, pedido de liberdade foi negado em decisão do desembargador Juvenal Pereira da Silva, no começo de dezembro.

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Fato
    20 Jan 2020 às 15:58

    Não acho legal jogar pedra em quem já está na lama... Mas o conheci na faculdade e nunca gostei dele... Depois de saber sobre essas atrocidades, só o que me vem a cabeça é! Devemos confiar mais nós nossos instintos.

  • Rodrigo
    20 Jan 2020 às 15:06

    Afff!!!! Que coisa!!!

  • Dora Avent.
    20 Jan 2020 às 14:34

    Deixa um post fixo no site logo... pq todo dia uma coisa diferente pra essa pessoal ai. Tá loco!!!

  • Claudete - 3 barras.
    20 Jan 2020 às 12:15

    gente do céu cada hora surge coisa nova contra esse rapaz. Tomara que todas moça denuncia ele logo pra pagar pelo que fez.

Sitevip Internet